Notícias

Galeto Mamma Mia inaugura no Cais Embarcadero

Abriu as portas no Cais Embarcadero em Porto Alegre, um dos restaurantes mais tradicionais da Serra Gaúcha. A nova unidade da marca chega com uma proposta diferente das demais unidades da marca, proporcionando que os clientes apreciem outros momentos, fora dos tradicionais horários de almoço e jantar. 

Galeto Mamma Mia Cais Embarcadero. Crédito Ricardo Lage

Além dos itens clássicos do Mamma Mia como os galetos assados na brasa, a polentinha frita, as massas frescas com molhos variados e a tradicional salada de radicci com bacon, o cardápio conta com opções inéditas de entradas, petiscos e tábuas com pães, queijos e antepastos variadas para serem degustados no happy hour, com os drinks exclusivos da casa, assinados pela mixologista Claudia Schumacher

Inspiradas nos sabores da Itália, entre as novas opções do menu estão apolpette di polenta, a burrata caprese, bruschettas, carpaccio, agnoline frito e arancini.

O projeto é assinado pelos arquitetos Lúcia Reis e Lorenzo Muratorio Cavichioni. O local tem dois andares, divididos em 400 m² de área total. O segundo andar possui uma área externa para os clientes apreciarem o pôr do sol. 

Interior do Galeto Mamma Mia Cais Embarcadero – Crédito Ricardo Lage.

Uma intervenção de imagens criada pela fotógrafa Letícia Remião, propõe uma “Ode ao Tomate” – chamando a atenção para um dos principais ingredientes da culinária italiana. Outra atração é um mural pintado em uma das fachadas pela artista plástica gaúcha Pati Rigon. 

Com 36 anos desde a fundação, a marca é comandada pelo empresário Julinho Cavichioni, que fundou o Galeto Mamma Mia em 1985, em Gramado. Atualmente, conta com 21 operações distribuídas por Porto Alegre, Novo Hamburgo e Canoas. Em agosto de 2022, a marca inicia sua expansão nacional pelo estado de Santa Catarina.

O Galeto Mamma Mia faz parte do grupo empresarial JPLP, à frente dos restaurantes El Fuego, Neni Café Bar e Restaurante e Neni Pizza e Pasta.

Jornalista – Editor e fundador dos canais Acontece Gramado
[email protected]
Siga no Instagram: @gramadoacontece

Avenida das Hortênsias será interditada nesta madrugada

A Prefeitura de Gramado, através da Secretaria de Trânsito e Mobilidade Urbana, informa que na madrugada desta segunda (11) para terça-feira (12), o trecho da Avenida das Hortênsias entre a Rua Garibaldi e a Avenida Borges de Medeiros será interditada para que seja realizado um trabalho de medição dos arcos de luzes. A interdição ocorrerá a partir da meia-noite e seguirá até as 6h da manhã de terça-feira (12).

O trecho da Avenida das Hortênsias entre a Rua Garibaldi e a Avenida Borges de Medeiros será interditada.

Marcela Muttoni: Manual do anti amor: Sobre barquinhos e pontes

Escute: Mesmo que seja eu/ Erasmo Carlos

Se o coração deu uma cambaleada, fuja. Fuja para as colinas. Desligue a playlist. Não olhe para o céu. Nem busque estrelas ou flores coloridas. Os sonhos que começam frutificar naquele solo do coração que você jurou, nunca mais mexer, não olhe para eles. Não sonhe. Não tenha esperança no amanhã. Nem busque os beijos que te tirem segundos de consciência. Busque o seguro, o aperto de mão amigo que te leve para o amanhã atravessando a rua sabendo exatamente para onde vai.

A amizade às vezes se disfarça de amor. Quase sempre ela vem com a comodidade de ter alguém para as fotos, para a convenção social. Para a aceitação e validação do sucesso. Os beijos e abraços que se encontra conforto muitas vezes ali não estão. Os formatos de relacionamento mudaram. Cabe a cada um saber seu limite. Mas no manual anti amor, isso é essencial. A superficialidade.

No amor, assim como na vida, a lógica te leva até onde a maioria vai. O óbvio está ao alcance dos olhos. A pessoa certa, muitas vezes, é de alguns dias. É a certa para aquele momento. E então conhecemos os amores líquidos do “ Bauman”, aquele filósofo polones que nos lembra que descartável também é amor. 

As palavras do amor natural, descrito por Darwin e pela teoria da evolução, onde os genes escolhem os parceiros mais aptos à procriação não se encaixam nas histórias e contos conhecidos pela atual geração de quase 40 anos, onde príncipes salvam princesas. Pelo viés da cultura teológica, da igreja católica tão disseminada na cultura ocidental, o casamento é um sacramento. Protegeu e protege patrimônios ao longo de décadas e impediu que esposas tivessem filhos fora do casamento. Pensando no amor como negócio, os formatos de organizar essa bagunça pelas instituições ao longo do século, foi criar mecanismos para “segurar” os parceiros em uma instituição que protegesse as promessas.

Mas se tudo isso é fato. Se o amor é na verdade assim como no reino animal, uma escolha da natureza humana para corrigir a genética da próxima geração. Nosso corpo reconhece o parceiro mais apto a copularmos e assim garantirmos que se perpetue características da nossa espécie. E se a igreja institucionalizou o sentimento, como forma de dar sentido e proteção aos pares. Antes da igreja, mulheres e terras eram saqueadas. Onde foi que mesmo podendo escolher qualquer parceiro, mesmo não tendo religião muitas vezes, escolhemos alguém? Podendo partir, optamos em ficar?

 Escolhemos podendo ser livres. Escolhemos mesmo pensando em não ter filhos. Escolhemos o que sentimos. Escolhemos com a terapia em dia ou com todas as faculdades mentais nos apontando para outra direção. Decidimos não pegar o voo ou pegar o voo. Escolhemos mudar de emprego ou cidade. E escolhemos não pelo que o outro nos oferece como lógico, mas sim pela emoção que nos causa. O amor romântico que muitos acreditam conhecer, ocorre poucas vezes na vida. Ele vem com a força da natureza biológica de Darwin e com a esperança que todos os antepassados estavam certos e que sim, o amor pode e deve ser para sempre. E vou te contar um segredo, será.

Costumo pensar no amor como barcos e pontes. Alguns amores nos auxiliam a atravessar períodos da nossa história. Nos levam a outra margem. Sua importância é de algumas décadas. Nos fazem crescer, às vezes sofrer, não pelo que são, mas pelos desejos que criamos e projetamos. 

Muitas vezes aquela relação é perfeita e crível pelo período que existiu. Nos fez ser quem somos. Foi a mão na travessia, e quando chegamos ao outro lado, saímos do barco. Mas esse barco é meu! Como deixar ele partir? O que eu farei sem o barco? E então você percebe que talvez já esteja em seu destino, podendo seguir ali sozinho. 

Ou se depara com uma imensa ponte que nunca sairá daquele local e que representa, que através dela você sempre voltará a visitar o seu passado, nunca esquecendo de onde veio, mas que te leva para frente, pro desconhecido, e ela permite a travessia, a volta, o retorno, o recomeço e o avanço. As pessoas “pontes” permitem ver os barcos atracados, partindo e chegando. Mas as pontes permanecem.

Alguns de nós com muita sorte partimos de pontes. Alguns nunca nem se atreveram a embarcar no barco. Muitos ainda estão olhando a travessia pelos seus faróis. Vêem tudo de um ângulo mais alto, e de vários pontos de vista. A solidão não é um estado de permanência, mas uma escolha. Tem os que estão sozinhos e nunca conseguiram encaixar seu projeto de vida em outro. E são felizes. Tem os que buscam incansavelmente, pulam do barco, atravessam a nado e chegam em pontes que não são suas. Se desviam de sua rota olhando para barcos alheios, vidas e trajetos que não são seus. 

Algumas travessias são mais longas, de uma vida. Outras têm tempestades, perdas. Noutras, o barco se perde, o barco se desmonta. E nos faz aprender a remar na correnteza até encontrar outro barco, que ainda está longe de ser nosso porto. Barcos que nos salvam.

O amor é a resposta. Não a cômoda. Não a oportunista que vê vantagens e facilidades. A que te acomoda. O amor de verdade não é posse, é travessia. Tem pessoas que fingem carinho e afeto, buscando seguir o protocolo do que acreditam que deveriam ser. No manual anti amor, busque o raso. O seguro. Qualquer travessia que te tire de “terra firma” será amor, mesmo que de dias. E mesmo que o seu pra sempre seja diferente do pra sempre dos contos de fadas, é amor mesmo que mude. Mesmo que dure uma vida ou a semana inteira. No manual anti amor, mude a rota do que te faz crescer. Cancelar a agenda. Dos carinhos que tocam a alma. Que desnude suas dores. 

E vou te contar um segredo: às vezes a travessia será sozinho. O amor próprio é a travessia mais demorada. Muitas vezes os amigos estão lá na ponte, gritando e aplaudindo, esperando você chegar.

Amor e esperança andam juntinhos. Acho até que o nome desses barcos são esperança. E da ponte, fé.

Crônicas e histórias cotidianas sensoriais
“Acredito que podemos ler, estimulando mais que um sentido. Por isso, em mais de 18 anos de profissão, me apaixonei pelo processo de escrever levando o leitor a usar além da visão, outros estímulos sensoriais.
[email protected]

Curtir isso:

Festival de Cinema de Gramado anuncia filmes para competição da 50ª edição

Na manhã desta sexta-feira, 08 de julho, a organização do Festival de Cinema de Gramado anunciou os filmes que irão compor as mostras competitivas de sua 50ª edição. Dos mais de mil títulos inscritos, as curadorias e comissões de seleção escolheram sete Longas-Metragens Brasileiros, sete Longas-Metragens Estrangeiros, cinco Longas-Metragens Gaúchos, 14 Curtas-Metragens Brasileiros e 17 Curtas-Metragens Gaúchos.

Dos 50 filmes anunciados, a diversidade e o ineditismo permeiam todas as produções. Dentre os destaques nacionais, filmes de todas as regiões do Brasil e que abordam questões pertinentes ao período político e social do país. Os curtas brasileiros apresentam um feito inédito: metade dos filmes selecionados terão Gramado como sua primeira tela de exibição. A diversidade está também na seleção estrangeira, que, neste ano, conta com filmes da América do Sul, do Norte e Europa, produções reconhecidas em outros festivais pelo mundo e que ganham projeção nacional a partir de Gramado. 

Os filmes serão exibidos presencialmente em Gramado, entre os dias 12 e 19 de agosto, no tradicional Palácio dos Festivais que, este ano, volta a receber realizadores, elenco e público. Na noite do dia 20 de agosto, serão revelados os vencedores dos Kikitos. Ao total, serão entregues 49 kikitos 11 Troféus Assembleia Legislativa, além das tradicionais homenagens com os Troféus Oscarito, Eduardo Abelin, Kikito de Cristal e Cidade de Gramado. Em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), por meio do Instituto Estadual de Cinema (Iecine), o Festival de Gramado entregará, ainda, três Prêmios Gramado 50 anos e o Troféu Leonardo Machado.

Durante o encontro com os jornalistas, a secretária de Turismo de Gramado e presidente da Gramadotur, Rosa Helena Volk, enfatizou que o mais importante desta edição de número 50 é a celebração, pois “o festival colocou Gramado no mapa do Brasil, tanto da cultura como do audiovisual”. Também, trazer a coletiva de imprensa mostra “o quanto a cidade e o festival tem um DNA próximo”.

Marcos Santuario, curador do festival, destacou o quanto a “curadoria está feliz pela potência dos filmes que se apresentaram, mostrando a diversidade e a força criativa presente na produção brasileira e ibero-americana”.

Festival de Cinema de Gramado. Anúncio dos Filmes Concorrentes pelo curador Marcos Santuario. Foto: Edison Vara/Ag. Pressphoto

Uma história que, há 50 anos, faz parte da gramática do cinema brasileiro
Em 1973, Gramado uniu sua vocação turística ao audiovisual. Ali surgia um evento com o DNA da inovação e que ditaria os rumos da produção cinematográfica brasileira pelas próximas décadas. O Festival de Cinema de Gramado chega a seu cinquentenário com fôlego, mantendo a tradição de ser o mais antigo festival de cinema ininterrupto do Brasil e carregando em sua história as marcas da transformação.

Quando comemora 50 anos de existência, Gramado relembra também três décadas de sua internacionalização. Em 1992, quando o evento se tornou ibero-americano, o cineasta espanhol Pedro Almodóvar recebeu o primeiro Kikito entregue a um filme de língua não portuguesa. Nesses 30 anos, alguns dos maiores nomes do setor passaram por Gramado, que abriu vitrine nacional para produções de fora. 

A edição de número 50 marca, ainda, o retorno “ao presencial”. Após dois anos em formato remoto, Gramado volta a reunir realizadores, produtores, elenco, público e imprensa em uma grande ode ao fazer cinematográfico. Sucedendo edições marcadas pelo pioneirismo e pela devoção à sétima arte, é hora do Festival de Gramado estender novamente seu tapete vermelho. 

Homenagens
Troféu Eduardo Abelin, homenagem concedida a diretores, cineastas e entidades de cinema pelo trabalho feito em benefício do cinema brasileiro, será entregue a Joel Zito Araújo. Já o Troféu Cidade de Gramado, dedicado a nomes ligados a Gramado e ao Festival, este ano será concedido à atriz gaúcha Araci Esteves

Gramado Film Market
Consagrado como o espaço dedicado ao mercado do cinema e do audiovisual dentro do Festival de Cinema de Gramado, o Gramado Film Market chega ao seu sexto ano em 2022 em duas etapas. A primeira delas é a realização do II Mercado Audiovisual Entre Fronteiras, que abre a programação voltada ao mercado e irá ocorrer nos dias 15, 16 e 17 de agosto. O evento, realizado pela Secretaria de Estado da Cultura (Sedac) por meio do Instituto Estadual de Cinema (Iecine), em convênio com a Gramadotur, tem como objetivo a integração entre produtores e a promoção do audiovisual da região no cenário internacional. Marco para o intercâmbio entre cineastas do Paraguai, das regiões do Sul do Brasil e noroeste da Argentina, que buscam a coprodução e a internacionalização de seus projetos audiovisuais. A segunda etapa ocorre durante os dias 17, 18 e 19 de agosto, com o Conexões Gramado Film Market, que segue com a programação composta por painéis, capacitações, reuniões com players, Mostra Universitária e Concurso Interativo.

Educavídeo
Como já é tradição, a noite que antecede a abertura do Festival de Cinema de Gramado é dedicada aos trabalhos do Programa Municipal Escola de Cinema, o Educavídeo. A iniciativa, que está em seu 12º ano, estimula a realização audiovisual aos alunos da rede municipal. No dia 11 de agosto, os curtas-metragens realizados pelos estudantes serão exibidos no Palácio dos Festivais em uma premiere que prestigia o potencial criativo dos jovens realizadores. 

Longas-Metragens Documentais e homenagens serão divulgadas em evento no Rio de Janeiro
Na próxima terça-feira, 12, faltando um mês para o começo do evento, o Festival de Cinema de Gramado levará um pouco do charme da Serra Gaúcha ao Rio de Janeiro, onde serão anunciados os homenageados com os troféus Oscarito e Kikito de Cristal e os Longas-Metragens Documentais selecionados. O encontro vai reunir organização, curadoria, entidades, realizadores e imprensa.

A nova mostra de documentários brasileiros é uma das novidades do evento para seu cinquentenário. Aliando o retorno ao formato presencial com as inovações advindas da pandemia, os selecionados terão uma janela de exibição diferenciada: os cinco filmes serão veiculados pelo Canal Brasil, dentro da programação do Festival de Gramado, e disponibilizados no Globoplay durante o evento. 

Escolhido pelo júri, o vencedor será, ainda, exibido no Palácio dos Festivais como filme de encerramento da edição. 

50º Festival de Cinema de Gramado – Filmes selecionados:

Longas-Metragens Brasileiros (LMB):

A MÃE | São Paulo – 90’26
Direção: Cristiano Burlan
Sinopse: Maria, uma mãe solo que vive na periferia de São Paulo, volta para casa à noite e não encontra seu filho adolescente. Depois de uma busca ininterrupta pela vizinhança, ela começa a ameaçar a tranquilidade dos traficantes locais que decidem contar que Valdo foi assassinado pela Polícia. Incrédula ela começa uma busca vertiginosa pela verdade.
Elenco: Marcelia Cartaxo, Helena Ignez, Mawusi Tullani, Henrique Zanoni, Dunstin Farias, Rubinho e Anna Carolina Marinho

A PORTA AO LADO | Rio de Janeiro – 113’11”
Direção: Julia Rezende
Sinopse: Mari e Rafa vivem um relacionamento tradicional, estável e sem altos e baixos. O casamento segue tranquilo até o dia em que se muda para o apartamento ao ado o casal Isis e Fred. Os novos vizinhos vivem um relacionamento aberto, separam sexo de amor e decidiram não ter filhos. O encontro dos dois casais irá provocar desejos, dúvidas, inseguranças, mentiras e transformações nos quatro, fazendo com que cada um reavalie suas escolhas.
Elenco: Leticia Colin, Dan Ferreira, Bárbara Paz e Túlio Starling

MARTE UM | Minas Gerais – 115’01”
Direção: Gabriel Martins
Sinopse: A família Martins mora na periferia de Contagem, Minas Gerais, e busca seguir seus sonhos num país que acaba de eleger como presidente um homem que representa o contrário de tudo que eles são. Um filme sobre sonhos e estrelas.
Elenco: Rejane Faria, Carlos Francisco, Camilla Damião e Cícero Lucas

NOITES ALIENÍGENAS | Acre – 80’20”
Direção: Sérgio de Carvalho 
Sinopse: Noites Alienígenas aborda a periferia da Amazônia urbana, as fronteiras entre cidade e floresta. A partir do realismo mágico, aborda o impacto da chegada das facções criminosas do sudeste do Brasil para a Amazônia. O filme fala de resistência, esperança e juventude.
Elenco: Gabriel Knoxx, Adanilo, Gleici Damasceno, Chico Diaz, Joana Gatis, Chica Arara, Bimi Huni Kuin, Duace, Jefferson Xavier e Kika Sena

O CLUBE DOS ANJOS | Rio de Janeiro – 1’38’’
Direção: Angelo Defanti
Sinopse: Uma confraria de velhos amigos vê os laços de amizade remendados num nababesco banquete proporcionado por um misterioso cozinheiro. Após a noite mágica de gula e alegria, porém, um deles amanhece morto. Teria sido envenenado? E, sobretudo, conseguirão resistir e não retornar para um novo jantar?
Elenco: Otávio Muller, Matheus Nachtergaele, Paulo Miklos, Marco Ricca, Augusto Madeira, André Abujamra, César Mello, Ângelo Antônio, António Capelo, Samuel de Assis

O PASTOR E O GUERRILHEIRO | Distrito Federal – 115’03”
Direção: José Eduardo Belmonte
Sinopse: Na virada do milênio, Juliana, filha ilegítima de um coronel que comete suicídio, descobre que seu pai foi torturador durante a ditadura militar no Brasil.
Elenco: Johnny Massaro, César Mello, Julia Dalávia, Gabriela Correa, Ana Hartmann, William Costa, Cássia Kis e Sergio Mamberti

TINNITUS | São Paulo – 106’44” 
Direção: Gregório Graziosi
Sinopse: Marina é uma atleta de saltos ornamentais. No auge de sua carreira, ela foi vítima de um grave acidente causado por uma terrível crise de zumbido. Alienada do esporte, Marina trabalha no Aquário Municipal, vestida de sereia.
Elenco: Joana De Verona, Indira Nascimento, Alli Willow e Antonio Pitanga

LONGAS-METRAGENS ESTRANGEIROS (LME)

9 | Uruguai, Argentina – 105’00”
Direção: Martín Barrenechea e Nicolás Branca
Sinopse: Um jovem jogador de futebol bem-sucedido, que sofre com o assédio da mídia e a pressão que o cerca, procura escapar do inferno em que sua vida se tornou.
Elenco: Enzo Vogrincic, Rafael Spregelburd e Sofía Lara

CUANDO OSCURECE | Argentina, Uruguai – 76’44
Direção: Néstor Mazzini
Sinopse: Flor pensa que está de férias com o pai, mas na realidade Pedro ele a está sequestrando, com medo de nunca mais vê-la. Quando Flor descobre a verdade, ela escapa. Erica, sua mãe, está desesperadamente procurando por ela.
Elenco: Cesar Troncoso, Andrea Carballo e Matilde Creimer Chiabrando

EL CAMINO DE SOL | México – 77’17”
Direção: Claudia Sainte-Luce
Sinopse: Com apenas sete anos, o pequeno Christian é sequestrado na sua unidade habitacional. Depois de notar a indiferença e a lentidão da justiça para resolver seu caso, Sol começa uma busca frenética para recuperar seu filho.
Elenco: Anajosé Aldrete e Armando Hernández

INMERSIÓN | Chile, México, 72’01”
Direção: Nicolas Postiglione
Sinopse: Ricardo, um pai de classe média, leva as duas filhas para a casa da família, junto ao lago, no sul do Chile. Um dia, em um iate, eles veem três jovens pescadores locais pedindo ajuda de outro navio afundando.
Elenco: Alfredo Castro, Consuelo Carreño, Michael Silva, Mariela Mignot e Alex Quevedo

LA BODA DE ROSA | Espanha, França – 80’02”
Direção: Iciar Bollain
Sinopse: Rosa está prestes a completar 45 anos e percebe que sempre viveu para servir todos os outros. Então ela decide deixar tudo para trás, se casar e assumir o controle de sua vida e realizou seu sonho de abrir seu próprio negócio. 
Elenco: Candela Peña, Nathalie Poza, Sergi López, Ramón Barea e Paula Usero

LA PAMPA | Peru, Chile, Espanha – 105’44”
Direção: Dorian Fernández Moris 
Sinopse: Juan, ex-funcionário público, foge da justiça e da tragédia que o marcou por vida. Reina, uma adolescente, foge dos abusos sexuais e morais que sofre desde menina nos campos de exploração sexual de La Pampa, local controlado por máfias de mineração de ouro Unidos pelo destino partirão em busca da família de Reina em um território da Amazônia peruana sem autoridade, devastado pelo crime e pela ganância.
Elenco: Mayella Lloclla, Luz Pinedo, Fernando Bacilio, Pamela Lloclla, Oscar Carrillo, Alaín Salinas, Sylvia Majo, Gonzalo Molina e Antonieta Pari

O ÚLTIMO ANIMAL | Portugal, Brasil – 109’14”
Direção: Leonel Vieira
Sinopse: Didi sonha melhorar de vida e está tentando sair da comunidade (a favela) onde cresceu, quando descobre que indiretamente está trabalhando para Casimiro Alves. Um imigrante português conhecido como Dr. Ciro, famoso chefão do jogo do bicho do Rio. O Sonho de Didi se  transforma num pesadelo de violência, narcotráfico e corrupção na cidade maravilhosa.
Elenco: Joaquim de Almeida, Junior Vieira, Duran Fulton Brown, Alessandra Toussaint, Joe Renteria, Samuel Melo e Marcello Gonçalves

LONGAS-METRAGENS GAÚCHOS (LMG)

CASA VAZIA | Santana do Livramento, Rivera – 78’01”
Direção: Giovani Borba
Sinopse: Raúl vive numa casa isolada na imensidão solitária dos campos do Pampa. Ele vaga pela escuridão das noites roubando gado. Ao retornar de mais uma madrugada, encontra sua casa vazia; sua mulher e filhos desapareceram.
Elenco: Hugo Noguera, Araci Esteves, Nelson Diniz, Robeto Oliveira, Lucas Daniel Soares Rodrigues, Mariton Alves Correa, Alexandre Accorssi, Liane Venturella, Viviane Velozo, Soila Mar Ribeiro do Prado e Jose Newton Canabarro

CAMPO GRANDE É O CÉU | Mostardas – 69’
Direção: Bruna Giuliatti, Jhonatan Gomes e Sérgio Guidoux
Sinopse: Residentes de comunidades quilombolas no sul do Brasil lutam para manter viva a tradição de cantoria dos Ternos de Santos Padroeiros e outras heranças de seus ancestrais.
Elenco: Tatiane Lopes, Antonio Lopes de Matos, Maria Alzira Lopes da Rosa e Zé da gaita

DESPEDIDA | Pelotas, Porto Alegre, Viamão – 90’23”
Direção: Luciana Mazeto e Vinícius Lope
Sinopse: Durante o carnaval, Ana, uma menina de 11 anos, viaja ao interior do sul do Brasil para o funeral de sua avó. À noite, pela janela, ela vê o fantasma da avó entrando na floresta perto da casa da família. Quando Ana decide segui-la entre as árvores, descobre um mundo de fantasia e mistério.
Elenco: Anaís Grala Wegner, Patricia Soso, Ida Celina, Sandra Dani, Marielly da Cruz, Kiko Ferraz, Silvia Duarte, Clemente Viscaíno, Frederico Machado, Kauã Machado e Leo Maciel.

DOG NEVER RAISED – CACHORRO INÉDITO | Porto Alegre, São Leopoldo – 71’08”
Direção: Bruno de Oliveira
Sinopse: Um larápio de rua fica obcecado com a ideia de realizar um filme após invadir um apartamento cheio de DVDs.
Elenco: Bernardo Bordini, Marcos Brique, Flávio Isaac, Helga Barcellos e Georgia Barcellos

5 CASAS | Dom Pedrito – 75’01”
Direção: Bruno Gularte Barreto
Sinopse: Em uma cidadezinha no interior do Rio Grande do Sul há 5 casas e 5 histórias que se confundem em uma mesma. Uma velha professora lutando para manter sua casa de pé, um jovem que sofre agressões por se recusar a esconder sua natureza, uma freira sendo transferida da escola que regeu com punho de ferro por décadas, um velho capataz em uma fazenda mal assombrada e um menino cujos pais morreram 20 anos atrás e que é hoje o diretor que volta para buscar as memórias de sua infância perdida e dar voz a essas pessoas.
Elenco: Beatriz Paiva, Irmã Ana Abatti, Irmã Amélia Lain, Ivone Lermen, Maria Miranda, Maria Sinhorinha, Ricardo Nascimento e Rodier Mendes

CURTAS-METRAGENS BRASILEIROS (CMB)

BENZEDEIRA | Pará – 15’01”
Direção: Pedro Olaia e San Marcelo
Sinopse: O curta imerge no universo da benzedeira Maria do Bairro que escolheu o silêncio para dividir a sabedoria que lhe foi confiada. Manoel Amorim, conhecido como Maria do Bairro, a bicha preta conhecedora de ervas e benzedor, se dedica à cura do corpo e da alma de quem a procura.
Elenco: Maria do Bairro

DEUS NÃO DEIXA | Rio de Janeiro – 20’16”
Direção: Marçal Vianna
Sinopse: Anos atrás, Miguel deixou de se apresentar como Mika Sapequinha: cortou os cabelos, largou as saias e criou uma nova versão para si. Frequentador da Igreja Evangélica, hoje enfrenta uma turbulenta jornada de autoconhecimento.
Elenco: Luis Miguel Bispo, Lucas Fialho, Leandro Araújo, Mixcilany Bispo e Rosemary Félix

FANTASMA NEON | Rio de Janeiro – 20’00”
Direção: Leonardo Martinelli
Sinopse: Um entregador de aplicativo sonha em ter uma moto. Disseram a ele que tudo seria como um filme musical.
Elenco: Dennis Pinheiro e Silvero Pereira

IMÃ DE GELADEIRA | Sergipe – 19’55”
Direção: Carolen Meneses e Sidjonathas Araújo
Sinopse: Depois que um casal de costureiros perde a sua geladeira, em decorrência de uma série de apagões no bairro, eles saem em busca de um novo eletrodoméstico. Numa loja de usados, uma geladeira parece oferecer risco. Mas só para pessoas negras.
Elenco: Severo D’Acelino, Margot Oliveira, Ícaro Olavo, Solange Bocão e Joaquim Gael

MAS EU NÃO SOU ALGUÉM | São Paulo – 13’11”
Direção: Gabriel Duarte e Daniel Eduardo
Sinopse: Em uma favela brasileira, uma criança de nove anos tenta entender a si mesma e o universo onde vive. Através de aventuras com seus amigos e parentes, Antônio vive as maravilhas e perigos do lugar onde nasceu.
Elenco: Antonio Amaral, Victor Hugo Jesus e James Costa

O ELEMENTO TINTA | São Paulo – 09’29”
Direção: Luiz Maudonnet e Iuri Salles
Sinopse: A morte de um pixador por covid-19, é o estopim para que um grupo de pixadores se unam em uma ação direta contra como o governo Bolsonaro vem gerindo o país durante a pandemia.
Elenco: Felipe “Elementos” Nunes, Loucuras. B, Assassinos. Tgp, Aloprados.Fln, Dof, Doug, Duzer, Jts.R, Rbs e Vip

O FIM DA IMAGEM | Paraná – 14’58”
Direção: Gil Baroni
Sinopse: A imagem entrou em crise existencial e está a assombrar a humanidade.
Elenco: Talita Mendes, Gustavo Eckel, Greice Barros, Leticia Martin e Leticia Shiirakin

O PATO | Paraíba – 11’18”
Direção: Antônio Galdino
Sinopse: Cida decide acabar com o ciclo de violência em sua casa e ser um exemplo para sua filha, Fia.
Elenco: Norma Góes e Ana Júlia

SERRÃO | Minas Gerais – 18’36”
Direção: Marcelo Lin
Sinopse: Um homem tenta recomeçar sua vida. Perto de tudo dar certo, ele perde seu olho.
Elenco: Ice Band, Dj Vitin do Pc, Dona Lena e Érica Lucas

SOCORRO | Pará – 16’52″
Direção: Susanna Lira
Sinopse: Um grito de socorro da líder comunitária Socorro do Burajuba, do município de Barcarena, no Pará, considerado como uma “zona de sacrifício” ambiental e social.

ÚLTIMO DOMINGO | Rio de Janeiro – 17’07” 
Direção: Joana Claude e Renan Barbosa Brandão
Sinopse: A madrugada apresenta-se estranha, com prenúncio de mudança. Na manhã seguinte, Maria recebe uma visita misteriosa que deixa José perturbado e a levará a ressignificar seu próprio destino. Livremente inspirado em trecho da obra “O Evangelho Segundo Jesus Cristo” de José Saramago.
Elenco: Jéssica Ellen , Edilson Silva , Tonico Pereira , Everaldo Pontes, Ravel Andrade, Gunnar Borges e Nilson Carlos Estevão

UM TEMPO PRA MIM | Rio Grande do Sul – 20’59”
Direção: Paola Mallmann
Sinopse: Florência fica menstruada pela primeira vez no mesmo dia em que ocorre um eclipse da Lua. Ela é criada pela avó e segue a rotina e os costumes de sua tradição mbya guarani. Recolhida do convívio social, Florência vive uma transformação.
Elenco: Juliana Almeida Timoteo, Elza Chamorro Benite, Clarice Oliveira Benite,Sebastião Mendez Gonçalves, Patricia Ferreira, Cipriana Ramires Almeida e Fernanda Minetto de Almeida.

SOLITUDE | Amapá – 13’20”
Direção: Tami Martins e Aron Miranda
Sinopse: Na Amazônia, Sol encara a solidão e carência depois do término de uma relação abusiva, enquanto que no Deserto do Atacama uma Sombra busca independência porém começa a desaparecer lentamente.
Elenco: Arnon Vicente, Arthur Delgado, Gizandro Santos, Joyce Nagamura, Kleston Marques, Maria Luiza Baganha, Otoniel Oliveira, Paula Lobato Pontes, Luís Henrique Martins, Thalyne Tenório, André Novo, Beatriz Belo, Cynthia Liz Jamani, Luiz Henrique Martins, Gabriel Maciel, Genilson Cardoso, João Lima e Raquel Teixeira

TEKOHA | São Paulo – 14’15”
Direção: Carlos Adriano
Sinopse: Em 6 de setembro de 2021, seguranças privados de fazendeiros queimaram uma casa de família Guarani Kaiowá no Tekoha Ava’te (Dourados, Mato Grosso do Sul): a ação foi filmada (um plano de 02 minutos 52 segundos) pelos próprios indígenas. Em 29 de dezembro de 2021, membros de uma igreja pentecostal queimaram uma casa de reza Guarani Kaiowá, no Tekoha Itay Ka’Agwyrusu (Douradina, Mato Grosso do Sul): também filmada (um plano de 51 segundos). Três cantos Guarani Kaiowá (Ñengary, canto-reza), do Cacique Getúlio, foram traduzidos para este filme por Douglas Diegues em colaboração com Dani Guarani Kaiowá e Gregorio Gómez Centurión. Para os Guarani Kaiowá, Tekoha é a definição de terra indígena, território étnico e vital dos povos originários do Brasil – um lugar onde se é.

CURTAS-METRAGENS GAÚCHOS (CMG)

A DIFERENÇA ENTRE MONGÓIS E MONGOLOIDE | Porto Alegre, Canoas – 04’41”
Direção: Jonatas Rubert
Sinopse: Alguns seres humanos nascem com um conjunto de características que chamam de síndrome de Down. Um disco voador, os dinossauros e as cegonhas nos ajudam a tentar entender qual a diferença de ter a síndrome ou não.
Elenco: Tiago Rubert, Cleber Puntel e Jonatas Rubert

APENAS PARA REGISTRO | Porto Alegre – 15’19”
Direção: Valentina Ritter Hickmann
Sinopse: Apenas Para Registro é um curta experimental feito a partir de filmagens em VHS de Sergio, que tinha o costume de gravar momentos em família e registros pessoais. Valentina traz uma nova visão para esse material, mesclando diferentes fases da vida de sua família de forma sensível e nostálgica.
Elenco: Sergio Hickmann, Margit Ritter, Camila Ritter Hickmann, Eliana Ritter, Sandra Ritter, Ilse Ritter, Aury Ritter e Valentina Ritter Hickmann

DRAPO A | Encantado – 18’40”
Direção: Alix Georges e Henrique Lahude
Sinopse: A revolução haitiana de 1804 ecoa na pequena cidade de Encantado, interior do Rio Grande do Sul. Cantos ancestrais e da diáspora são evocados para enfrentar a colônia, seus representantes e suas leis.
Elenco: B-Wade, Clao Brigile, Mireille Brigile e Alix Georges

FAGULHA | Porto Alegre – 07’58″
Direção: Jéssica Menzel e Jp Siliprandi
Sinopse: O fogo nasce, transforma-se durante o percurso e reencontra a sua primeira face.

JOHANN E OS ÍMÃS DE GELADEIRA | Porto Alegre – 14’20”
Direção: Giordano Gio
Sinopse: Johann tem uma história para dividir com Matias. Matias tem muito a dizer para Johann. Mas entre eles, há mágica, ruídos, estrelas e ímãs de geladeira.
Elenco: João Pedro Prates, Pedro Tergolina, Rodolfo Ruscheinsky e Cristian Verardi

O ABRAÇO | Porto Alegre – 17’36”
Direção: Gabriel Motta
Sinopse: Uma caçada entre pai e filho carrega o peso de uma tradição familiar. Sua intrusão na floresta perturba o equilíbrio do lugar e desperta a força oculta que o protege. 
Elenco: Raul Ionescu, Zsolt Trill, Athina Papadimitriu e Nóra Trokán

MADRUGADA | Rio Grande, Pelotas – 19’09”
Direção: Leonardo da Rosa e Gianluca Cozza
Sinopse: Trabalhadores arriscam suas vidas invadindo trens em movimento para recolher restos de grãos e revendê-los. Madrugada transpõe em filme essas noites de trabalho sem fim em que corpos desaparecem, engolidos pela paisagem industrial do porto de Rio Grande e pela crise econômica brasileira.
Elenco: Daniel Guimarães, Anderson Soninho, Leco, Canhoto, Alemão, Jean e Tando

MBY’A NHENDU | Porto Alegre, Maquiné e Camaquã – 18’20”
Direção: Gerson Karaí Gomes
Sinopse: Documentário sobre o universo musical Mbyá Guarani, etnia do Sul do Brasil. O filme explora as sonoridades e reflexões sobre religiosidade, política e meio ambiente que estão presentes nas músicas dos Mbyá.
Elenco: José Wera, Cristiano Kuaray, João Baptista de Souza e Claudia de Souza

MORA | Porto Alegre – 10’51”
Direção: Sissi Betina Venturin
Sinopse: Numa ilha, um encontro de amor entre duas mulheres irá transformar a realidade de uma delas no retorno à cidade. Separadas pela distância, o tempo ganha novos sentidos. Na solidão do apartamento, sonhos se misturam com memórias e sentimentos, no desejo de regressar ao seu destino, que mora no mar.
Elenco: Kalisy Cabeda e Sissi Betina Venturin

NAÇÃO PRETA DO SUL – O CURTA | Porto Alegre – 24’59”
Direção: Nando Ramoz e Gabriela Barenho
Sinopse: Por muito tempo, a historiografia oficial relativizou a presença do povo negro e até mesmo o processo de escravização no Rio Grande do Sul. Oriundo da minissérie “Nação Preta do Sul – pela valorização da cultura”, o curta, reúne os melhores momentos da obra que percorreu sete cidades do RS e foi buscar as influências e a importância da cultura negra para a construção e o desenvolvimento do Estado, na voz desses agentes transformadores.

NÓS QUE FAZEMOS GIRAR | Porto Alegre – 20’11”
Direção: Lucas Furtado
Sinopse: Em meio ao caos urbano e à pandemia de Covid-19, cinco entregadores lutam para sobreviver e encontrar seu lugar no mundo.
Elenco: Marcelo Felipe Corrêa, Luana Dröse Belmiro, Henrique Dias Fernandes, Gardeni Magali de Oliveira Rosa e Fernando Fontoura

OLHO POR MIM | Porto Alegre – 11’36”
Direção: Marcos Contreras
Sinopse: Duas famílias, dois caminhos, duas opções. Se cruzam no desejo de algo que precisam. Um vazio hedonista de um futuro incerto. “Olho por mim” apresenta um recorte de uma sociedade que reflete as suas diferenças e desigualdades num sutil, sensível e próximo olhar sobre as desigualdades e suas barganhas.
Elenco: Gabriela Spineli, Israel Michelotti, Luiza Weidlich Waichel, Martina Pilau, Pâmela Manica, Pedro Valério Gallo e Áurea Baptista

PERFECTION | Gravataí – 14’54”
Direção: Guilherme G. Pacheco
Sinopse: Jeison, entregador de App e artista marginalizado, bate a cabeça ao ser flagrado pixando a porta de um cliente que recusa pagar a taxa de entrega e se torna dependente de uma bolsa de soro. Entregas a fazer, tinta para comprar. Pressão artística mescla ao punho capitalista em um ciclo vicioso.
Elenco: Gerpes Jeison dos Santos, Kauê Santos, Fabiane Aparecida Schein Lopes, Bruno Krieger, Tarsila Beretta, Isadora Quadros, Rafael Jukoski e Guilherme G. Pacheco

POSSA PODER | Porto Alegre – 19’13”
Direção: Victor Di Marco e Márcio Picoli
Sinopse: Em uma noite, Lucas, Luiza e Bia relembram as dores e as delícias de serem quem são.
Elenco: Victor Di Marco, Jéssica Teixeira e Valéria Barcellos

SINAL DE ALERTA LORY F | Porto Alegre – 18’53”
Direção: Fredericco Restori
Sinopse: O filme conta de forma poética e experimental a intensa vida da baixista e compositora Lory Finocchiaro, que nos anos 90, em Porto Alegre, se firmou como uma rockeira à frente do seu tempo. Como vários expoentes dos anos 90, acabou sendo vítima da Aids e faleceu antes de finalizar seu único disco.
Elenco: Deborah Finocchiaro, Laura Finocchiaro, Charles Finocchiaro, Cléria Finocchiaro, Ricardo Bolsoi, Cida Pimentel, Castor Daudt e King Jim.

SINTOMÁTICO | Porto Alegre – 04’05”
Direção: Marina Pessato
Sinopse: A opressão é herdada?
Elenco: Marina Pessato

TUDO PERMANECE EM CONSTANTE MOVIMENTO | Porto Alegre – 07’01”
Direção: Cristine de Bem e Canto
Sinopse: Documentário realizado por Cristine de Bem e Canto em que a fotografia participa do encontro do corpo de Iberê Camargo com o corpo de sua pintura durante a criação de guaches das séries:“Andando contra o vento”, 1993, “O homem da flor na boca- um ato de amor à vida”, 1992, e a pintura “Tudo te é falso e inútil V”, 1993.
Elenco: Iberê Camargo e Maria Coussirat Camargo

Inaugura em Gramado o Laghetto Chateau

Foi inaugurado nesta quinta-feira, dia 7 de julho, em Gramado na Serra Gaúcha, o primeiro hotel boutique do Brasil no formato multipropiedades.

Trata-se do Laghetto Chateu, empreendimento do grupo Laghetto Golden Multipropriedades que reúne grupo que reúne as empresas Laghetto Hotéis, WAM, Athivabrasil, ABL Prime, Construtora PRG e Wert Estada & Co.

Diretores das empresas que formam o grupo Laghetto Golden Multipropriedades. Créditos: cassio Brezolla.

O empreendimento chega a um VGV de cerca de 150 milhões de reais, está em um terreno de 10 mil metros quadrados e construído em 7.140 metros quadrados.

As obras iniciaram em janeiro de 2020 em plena pandemia e a entrega ocorre um ano antes do prazo prometido aos clientes.

O hotel conta com 56 suítes modernamente decoradas em dois ambientes. As térreas de 72 metros quadrados com um deck privativo e hidro. As demais com 41 metros quadrados, tendo piscinas com hidro.

Todas as suítes são equipadas com cama king size, enxoval 300 fios, roupões e amenities Trousseau, menu de travesseiros, sala de estar com lareira, cafeteira nespresso, tvs Led 43′, frigobar, ar condicionado, cofre e hidromassagem.

O atendimento é exclusivo e personalizado pelo time de concierges, guest relations e agentes de experiências e a hospedagem inclui Welcome Drink, Café da Manhã servido das 07h às 11h, Brunch aos domingos até às 15h, sendo o late check out de acordo com a disponibilidade, serviço de boa noite e estacionamento com manobrista.

O hotel conta ainda com sala de cinema, espaço kids com monitores de entretenimento, playground, sala de jogos com vídeo games e board games, academia, saunas seca e úmida e o Mahalo Aqua SPA com terapias holísticas e produtos veganos.

Laghetto Chateau em Gramado.

Na área da gastronomia, o Château possui dois restaurantes comandados pelo selo Cravo & Canela dos empresários Débora e Paulo Leonhardt e com gastronomia assinada pelos chefs Filipe Ehlers, Roberta Reck e Fernanda Schoeler.

O primeiro restaurante mais intimista e com uma proposta slow food, se inspira na gastronomia do norte da Itália, com a presença de risotos, massas frescas, uma variedade de queijos e charcutarias locais para apresentar as especialidades da casa: as Carnes Nobres e o Cheese Fondue. O segundo restaurante possui um menu mediterrâneo, com pratos típicos e autorais dessa culinária, assim como a cozinha funcional, vegana e vegetariana, para atender a todas as necessidades.

Para complementar o cenário, o deck panorâmico e Wine Garden com vista para o Vale do Quilombo é perfeito para degustar os vinhos da Serra Gaúcha e usufruir de um piquenique oferecido pelo hotel. Das piscinas aquecidas ao ar livre, para adultos e crianças, também é possível admirar a vista para o Vale do Quilombo.

Ao cair da noite o Tour das Estrelas propõe a observação dos astros através de um telescópio Celestron de última geração.

Este é um hotel único na região e que passa a ser referência nacional quando falamos em hotel boutique e é um marco para o segmento de multipropriedades. É preciso ressaltar que iniciamos as obras em plena pandemia e conseguimos realizar a entrega um ano antes do previsto, o que mostra o comprometimento do grupo com seus clientes. Os serviços que o Chateau passa a ofertar estão entre o que de melhor podemos encontrar no país hoje”, destaca o CEO do grupo, Ênio Almeida.

Mais informações em: www.laghettogolden.com.br.

Wills Bar Gramado tem programação especial para o próximo domingo

Acontece no próximo domingo, dia 10 de julho, a partir das 17h, a programação especial do Wills Bar em Gramado. O projeto Sambinha, reunirá o show do Grupo Chocolate com roda de samba e a apresentação dos DJ ‘s, Márcio Ferraz e Diego Heron.  Segundo Pedro Venzon, a ideia é valorizar todos os estilos musicais trazendo diversas atrações especiais neste mês de julho. Muito mais que criar programação para turistas, nossa prioridade é trazer também entretenimento aos residentes de Gramado, unindo, cultura, arte, música, gastronomia e drinks autorais.” 

Grupo Chocolate é atração do Wills no domingo. Créditos: Divulgação.

O Grupo Chocolate é uma banda gaúcha que acumula mais de 15 mil seguidores em sua página social e milhares de views no Youtube. São mais de 9 anos de história levando alegria pelo Rio Grande do Sul.

A unidade do Wills Bar em Gramado fica no Vita Boulevard na Rua São Pedro, 757, onde funciona de terça à sexta das 17h à meia-noite e nos sábados e domingos das 12h à meia-noite.

SERVIÇO
Wills Gramado Projeto Sambinha
10 de julho
17 horas
Grupo Chocolate e Dj’s Márcio ferraz e Diego Heron
Rua São Pedro, 757 (entrada também pela Rua Ernesto Volk). GRAMADO 
Ingressos via APP VAMO – R$ 45,00
Informações: (51) 99710-0072

“Bellepoque 18+” segue em cartaz até o dia 24 de julho no Gatzz

Convidando o espectador a experimentar o ambiente misterioso e intrigante do universo burlesco e contemporâneo dos cabarés, a temporada do musical “Bellepoque 18+, Uma Versão Para Adultos” segue até o dia 24 de julho, no Gatzz, em Gramado. Unindo cenas com muita sensualidade e bom humor, a versão mais ousada do espetáculo é apresentada em todas sextas e sábados do mês e nos domingos dos dias 17 e 24, às 22h30.

Espetáculo Bellepoque. Foto: Marcelo Melo.

São 70 minutos de uma experiência artística, sensorial e imersiva dentro da casa de espetáculos da personagem Madame Kaká. Lá, artistas de diferentes vertentes mostram sua arte tendo como tônica a sedução e a sensualidade em performances arrebatadoras e com voz à diversidade.

Arte e gastronomia, o casamento perfeito

Como diz a letra de uma das músicas do show: “arte e gastronomia, o casamento perfeito!”. Para fazer da noite realmente uma experiência, o Gatzz criou um menu de petiscos exclusivo para esta versão do musical. O cardápio inclui espetinho de legumes vegano, bruschettas de pão australiano, figos frescos, queijo gorgonzola e cream cheese de frutas vermelhas, bolinho crocante de aipim, carne seca e gorgonzola, escondidinho de salmão e aipim, kibe frito e “fish croc” (bolinho de salmão, gergelim tostado e requeijão).

O bar, conhecido por seus drinks autorais inspirados nos personagens do show e mocktails (drinks sem álcool), funciona durante toda a noite. Uma das escolhas preferidas do público é o Elixir da Madame, inspirado na Madame Kaká. Ele é feito com gin Beefeater, Ramazzoti Rosato, Lillet, chá de romã, xarope de açúcar e espumante brut.

Os ingressos para o musical “Bellepoque 18+, Uma Versão Para Adultos” custam R$ 199,90 por pessoa e estão à venda no site www.gatzz.com.br.

SERVIÇO
“Bellepoque 18+, Uma Versão Para Adultos”
Dias: 8, 9, 15, 16, 17, 22, 23 e 24 de julho às 22h30.
Classificação: 18 anos
Valor do ingresso: R$ 199,90 por pessoa
Endereço: Av. das Hortênsias, 3380 – Gramado
Informações e ingressos: www.gatzz.com.br

Iniciam as obras do Relevo, residencial de alto padrão em Gramado

Iniciaram esta semana as obras do residencial de alto padrão Relevo Gramado. O empreendimento é concebido pela Wert Estada & Co.

O engenheiro Ramon Kunzel, gerente de Engenharia da Wert, destaca que as obras iniciam com o manejo vegetal que terá a remoção, transplante e movimentação conforme orientações da Secretaria do Meio Ambiente.

“Após esta etapa, iniciamos o processo de escavação, por setores. Estas são etapas que serão executadas ainda no mês de julho. As fundações, tipo sapatas diretas, e a estrutura do prédio serão os próximos passos, iniciando em agosto”, explica o engenheiro.

Com mais de 78% das unidades já comercializadas, o Relevo tem previsão de entrega para janeiro de 2025 e recebe investimento na ordem de R$ 45 milhões. Serão 43 apartamentos em cinco mil metros quadrados de obra e três modelos de plantas: Versátil (02 dormitórios, ou 01 dormitório e living estendido), Tradicional (2 dormitórios) e o Duplo (com pé direito duplo no estar).

Relevo Gramado tem início das obras.

Localizado em área nobre da cidade, na Avenida Borges de Medeiros, o Relevo apresenta um novo conceito em bem-estar. Entre as áreas comuns, o residencial conta com um salão de festas para toda a família, com mobiliário completo, videogames de última geração e simuladores de corridas automobilísticas. O condomínio também possui Espaço Kids, lavanderia coletiva e academia completa, além de estacionamento coberto para carros e um específico para motos. O empreendimento se responsabiliza também pelas instalações hidráulicas, elétricas e montagem dos mobiliários da cozinha, lavanderia e banheiros – tudo de acordo com as preferências do proprietário.

O projeto externo foi desenvolvido pelo arquiteto Márcio Sorgetz. Quem assina a arquitetura de interiores dos apartamentos e de áreas comuns é Rogério Menin. Como parte da decoração nas áreas sociais, obras de arte exclusivas assinadas pela artista visual Heloísa Crocco serão expostas nos corredores e salão de festas, compondo a identidade visual do empreendimento.

Empreendimento tem preocupação com as questões relacionadas a Sustentabilidade.

A preocupação ambiental também é levada em conta e o condomínio dispõe de um sistema de energias renováveis, que envolve a utilização de placas fotovoltaicas para gerar a energia elétrica que abastece as áreas comuns. Além disso, a água da chuva será coletada para limpeza dos locais de convivência e manutenção do paisagismo.

Mais informações sobre as últimas unidades disponíveis pelo e-mail [email protected], pelo fone-whats (54) 999607460 ou pelo site: www.wertestada.co.

BM de Gramado prende homem acusado de assediar seis crianças no Lago Negro

Na tarde desta sexta-feira (01/07), a Brigada Militar de Gramado prendeu em flagrante um homem, caracterizado de pirata, acusado de molestar crianças de uma excursão de Porto Alegre, quando tirava fotos no Lago Negro.

Por volta das 14 horas, a guarnição que realizava policiamento no Parque do Lago Negro foi solicitada pelas professoras que relataram que algumas crianças teriam informado que o homem, vestido de pirata, que posava para fotos, estava passando a mão nas crianças enquanto faziam as fotos.

Os Policiais Militares abordaram o homem de 49 anos, com antecedente por estupro, ocorrido no ano de 2019, também em Gramado. O nome do autor não foi divulgado.

Conforme apurado, ele teria apalpado e passado a mão em pelo menos seis crianças de 11 e 12 anos. Segundo informações da BM este tipo de assédio é considerado estupro, pois as crianças são menores de 14 anos, qualificando estupro de vulnerável.

O autor foi preso em flagrante e encaminhado ao presídio de Canela por estupro de vulnerável.

Campanha da Deport arrecada 6.079 itens em prol ao Oásis Santa Ângela

Foi entregue nesta terça-feira, 28 de junho, 6.079 itens arrecadados na campanha benemerente que a Deport Contabilidade fez em prol ao Oásis Santa Ângela, localizado em Canela.

Entre as doações que foram entregues para a Irmã Salete estavam:
– Produtos Alimentícios: Leite, óleo, açúcar, farinha de trigo, arroz e feijão.
– Produtos de Limpeza: Detergente, água sanitária, desinfetante, papel higiênico e luvas de vinil
– Produtos de Higiene: Sabonete líquido, escova e creme dental, shampoo, fraldas e absorventes geriátricos.

Doações foram entregues pela equipe Deport nesta semana. Créditos: Divulgação.

As doações vieram dos mais diversos parceiros e amigos. A sócia da empresa, Rosângela Port Sartori diz, “somos muito gratos, por todos que contribuíram e fizeram a diferença na vida de cada uma das assistidas que residem no Oásis Santa Ângela, pois mesmo que a frase já seja um chavão, sabemos que a união faz a diferença”.

A Campanha em prol do Oásis Santa Ângela surgiu de uma ideia dos colaboradores da Deport Contabilidade, para poder ajudar essa instituição tão querida e necessária em Canela. Segundo uma das idealizadoras Sônia Schafer “Por intermédio de um colaborador da nossa equipe ficamos sabendo que o lar de idosos precisa muito de ajuda, e aí entramos em contato com a Instituição para verificar quais itens teriam maior carência e necessidade de receber para suprir o que falta, e como poderíamos ajudar. Nesta semana, com muita alegria, entregamos o que arrecadamos. Nós entendemos que ajudar o Oásis é um ato de carinho”.

Espere um momento!

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que Acontece

Não se preocupe, você será notificado apenas quando houver conteúdos novos em nosso site.

Espere um momento!

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que Acontece

Não se preocupe, você será notificado apenas quando houver conteúdos novos em nosso site.