Acontece Gramado

A Abrasel Hortênsias, entidade que representa os restaurantes da região, emitiu nota na tarde de hoje sobre o caso de aglomerações e descumprimento dos protocolos de segurança sanitária na Rua Coberta durante o fim de semana. A farra de alguns restaurantes gramadenses resultou na interdição de dois estabelecimentos por parte da Vigilância Sanitária.

A nota de esclarecimento é assinada pelo presidente da entidade Felipe Andreis. Confira na íntegra o duro posicionamento da entidade:

“A Abrasel Hortênsias é a entidade que representa a alimentação fora do lar na Região das Hortênsias e desde do início da pandemia tem agido junto a seus associados para orientar, organizar e proteger o setor, dentro das nossas possibilidades.

Atuamos também junto ao poder público e à diversas outras entidades, sempre com o intuito, dentro de um cenário de crise mundial, de poder ajudar e minimizar o impacto no setor, que é sem dúvida, um dos mais
atingidos.

Uma das premissas da entidade é que todas as regras e orientações legais sejam cumpridas pelos associados, evidenciamos sempre que juntos somos mais fortes e que a crise, sendo mundial, atinge a todos. Informamos, contratamos nutricionista para treinamento aos associados, fazemos conexões e deixamos à disposição de todos a equipe da Abrasel para
que cada um possa, dentro do seu negócio e da sua realidade, lidar com tudo isso de forma responsável.

Mas, infelizmente nem todos conseguem entender a extensão do problema e a importância da responsabilidade de um no resultado para todos. Mais uma vez Gramado foi alvo de episódios contrários ao que pregamos, ao que salientamos e ao que tentamos mostrar aos associados.

Mais uma vez os protocolos de distanciamento e cuidados para conter o contágio de COVID-19 foram quebrados e mais uma vez estamos aqui tentando justificar o injustificável.

O posicionamento da Abrasel Hortênsias continuará em estar à frente dos associados alertando, informando e atuando junto a todos os órgãos necessários para que possamos continuar, com todos os cuidados, trabalhando e atendendo o público.

Mas, queremos frisar que também somos totalmente à favor das punições necessárias a quem não respeita as regras, sejam associados ou não. Almejamos maior fiscalização, multa e todas as consequências necessárias para que este tipo de conduta não se repita, nem em Gramado e em nenhuma das cidades da nossa abrangência.

Mais uma vez fica aqui o pedido para que todos, turistas, comunidade e empresários tenham em mente que o que um faz prejudica a região toda.”

Felipe Andreis
Presidente Abrasel Hortênsias.

Deixe uma resposta