Acontece Gramado

Já são cinco semanas de crescimento alarmante no número de casos e internações por Coronavírus em Gramado e Canela. Desde o início da pandemia, no fim do mês de março, as duas cidades vivem seus piores cenários e atingiram o pico de contaminação na última semana.

Somente nesta terça-feira, dia 13, foram 47 novos casos em Gramado e 37 novos casos em Canela. Os dois hospitais das cidades estão com suas UTIs lotadas e a procura vem aumentando de acordo com o crescimento de novos casos. Na última semana foram quase 300 novos casos em um recorde negativo absoluto para as duas cidades.

Neste cenário, se nada for feito, estamos muito perto de um (até aqui impensado) colapso no sistema de saúde público da Região das Hortênsias.

E este colapso se aproxima justamente com a chegada dos dois maiores eventos de Natal:
– Natal Luz (inicia dia 22 de outubro)
– Sonho de Natal (inicia no dia 22 de outubro)

Quando digo que é urgente que se controle o vírus em Gramado e Canela, não estou colocando aqui a responsabilidade no poder público. Muito pelo contrário. Até aqui as administrações das duas cidades seguraram a pressão e controlaram o desregramento social de maneira até satisfatória a meu ver.

A iniciativa deve partir da população, empresários e comunidade em geral, com apoio das Prefeituras. Ou todos se unem para controlar o vírus e, diminuir a transmissão descontrolada que atingimos nas duas cidades, ou isso terá que ser feito pelas autoridades sanitárias em meio aos eventos de Natal.

E, imaginem vocês, os impactos e perdas irreparáveis para a economia local em um possível lockdown em meio aos eventos natalinos. Seria trágico!

Natal Luz ocorre a partir de 22 de outubro. Créditos: Divulgação Natal Luz.

O que não pode continuar acontecendo é o jogo de faz de conta de todos os setores: estão todos fazendo de conta que por aqui está tudo normal no pior momento da pandemia para as duas cidades.

Ao contrário de todo o Rio Grande do Sul, Gramado e Canela estão no pico de transmissão. E isso é muito grave já que os números não param de cair em todas as outras cidades gaúchas. A média só está aumentando em Gramado e Canela e não podemos continuar ignorando este dado.

Basta olharmos para nossa vizinha Nova Petrópolis, com uma média de cerca de cinco novos casos por dia nas últimas semanas. Já Caxias do Sul, com mais de 500 mil habitantes, está com uma média de cerca de 100 casos novos ao dia.

É preciso, de forma urgente, encontrar as explicações para o descontrole da disseminação por aqui e, principalmente, definir estratégias urgentes de contenção! Ou então o Natal Luz e o Sonho de Natal correm sérios riscos de serem interrompidos.

Jornalista – Editor e fundador dos canais Acontece Gramado e Acontece Floripa.
[email protected]

Deixe uma resposta