Acontece Gramado

Natural de Gramado, muito ligado às raízes da cidade, Ike Koetz, 32 anos (completa 33 no dia 12 de junho), é filho dos gramadenses Flávio e Arlene. Casado com Karen Pauli, há 13 anos, é pai do José Henrique, seis anos, e Catarina, quatro anos. Sua ligação familiar é forte, assim como aos laços com o avô Orlando Koetz, in memoriam, um dos primeiros agrimensores de Gramado.

Em seu gabinete, na Câmara de Vereadores, em destaque um quadro com um mapa feito em 1965 com a planta do município. O mapa foi desenhado pelo seu avô e tem a seguinte frase: Gramado: que pelos seus maravilhosos acidentes naturais e seu clima torna-se permanente atração turística.

Mapa de Gramado desenhado em 1965 por Orlando Koetz.

O lema de Ike: “A importância de saber de onde a gente vem para saber para onde vai. Estudar nossa história nos protege de não cometer os mesmo erros”.

Em sua carreira já estudou Fisioterapia, fez estágio na área, morou por um período em Porto Alegre quando trabalhou com representação comercial. Voltou para Gramado em 2010 quando teve o convite para participar da diretoria da Sociedade Recreio Gramadense.

Na Recreio participou na gestão de João Beneti e, em 2016 veio o convite para assumir como presidente. Quando assumiu a presidência do clube em 2017, Ike chamou os mais experientes. O objetivo sempre foi uma composição e equilíbrio entre jovens e dirigentes experientes, com isso mudou a característica do clube com uma gestão que abriu as portas da mais tradicional sociedade de Gramado para toda a população. Em 2020 foi um dos vereadores mais votados de Gramado com 1.009 votos. Ike, que também estudou Administração na Universidade de Caxias do Sul, é o mais jovem vereador da atual legislação da Câmara de Vereadores.

Ike Koetz, vereador mais jovem de Gramado e promissor para a renovação política do município. Créditos: Flávio Prestes.

A ENTRADA NA VIDA POLÍTICA E A ELEIÇÃO DO ANO PASSADO

No quadro diretivo da Sociedade Recreio Gramadense, desde 2010, e como presidente desde 2017 (seguindo no cargo até 2022), Ike fez a diferença popularizando o clube mais prestigiado de Gramado. Ele conta que a política foi uma consequência natural, sempre participou ativamente dos clubes de serviço e é um dos fundadores do Orbis das Hortênsias, fundado em 2012 na Sociedade Recreio Gramadense.

Já com 30 anos, teve o convite do amigo Bruno Coletto para assinar como filiado ao Partido Progressista de Gramado. Assinou a ficha em 2018 e, em 2020, tomou a decisão junto com a família de se candidatar a vereador pelo partido.

Em uma eleição atípica e sem saber o que viria de resultado, acabou sendo um dos preferidos da população com uma expressiva votação entre os 98 candidatos. “O que me surpreendeu foi ficar entre os quatro mais votados”, comenta.

A TRAGÉDIA FAMILIAR QUE CHOCOU GRAMADO

Dez dias após ter sido eleito, Ike e toda a família sofreram um baque muito grande com a perda de sua irmã Adriana (Nana), 41 anos, e do genro Vinícius Zorzanello, 43, em um grave acidente em direção ao litoral. “No dia da eleição o Vinícius meu cunhado tinha acabado de ter a alta da covid, então pôde votar e a Nana também. Só que eles passaram na casa dos meus pais para comemorar mas não desceram pois ficaram receosos. Comemoramos pela janela”, lembra Ike.

Ele se emociona e conta como foi sair do auge da alegria pela eleição a uma perda tão importante. “Foi uma coisa horrível, fomos do céu ao inferno. Todos os dias a gente luta para enfrentar, uma ferida que abre e fecha. Uma dor imensa. Mas, temos que seguir em frente e temos os dois anjos o Vicente e a Clara (filhos do casal), graças a Deus nossa família é unida”.

Tiro também como lição até para a sequência da vida pública. Os problemas que surgem no dia a dia, não se comparam a uma dor tão grande. A gente não tem explicação mas se apega ao carinho, palavras de conforto dos amigos e pessoas da comunidade”, fala.

PRIMEIROS MESES DE TRABALHO NA CÂMARA

Após toda a turbulência da eleição e da tragédia, Ike assumiu seu cargo na Câmara em janeiro de 2021. Desde então, os dias tem sido intensos.  “Conhecendo o funcionamento da casa, trabalhando muito e discutindo projetos super complexos, atendimento à comunidade, debatendo os assuntos, construindo o diálogo e buscando o consenso”, destaca o vereador que se coloca na posição de moderador, evitando os conflitos quando o assunto é política.

Hoje suas bandeiras são o incentivo a Educação, Diversificação da Economia, e Qualificação do Turismo que é a matriz econômica de Gramado. “A gente precisa qualificar e não podemos ficar só dependendo do Turismo. Esta diversificação da matriz econômica se dá na base, entre os jovens, buscar indústrias limpas, fazer com que os jovens fiquem em Gramado. Eu luto muito por isso”, diz.

São cerca de 30 projetos recebidos do Executivo nestes seis primeiros meses. Liderou algumas ações como reuniões com o Ministério da Economia em uma audiência onde conseguiu reunir os secretários de Turismo de Gramado e Canela para falar sobre a retomada do Turismo e resultou em um projeto que será anunciado em julho pela KPMG, uma das maiores empresas do mundo na área de Consultoria. Também tem conversas diretas com o Canadá, com o consulado, na busca de tecnologias focadas na área do Turismo para Gramado, capacitações, etc.

Outras ações do gabinete são pedidos de indicação ao Executivo como plataformas de aprendizagem e parcerias com Senai e Sebrae. Também tem acompanhado o trabalho do Executivo e a Secretaria de Assistência Social no atendimento à comunidade durante a pandemia.

Sobre a atual conjuntura da casa, Ike destaca, que, “no geral vejo a Câmara muito bem preparada. A grande maioria das pessoas preocupadas em ser úteis para a comunidade. Mesmo com divergências o trabalho está sendo muito bem feito e temos visto os servidores completamente comprometidos pelo bem comum de Gramado”.

O FUTURO DE GRAMADO

Perguntado se pensa em alçar voos maiores dentro da política no futuro, Ike responde que “hoje não”, e se emociona ao lembrar de uma frase da irmã Nana: “Viver o hoje, rir do hoje, chorar do hoje e encher minha vida de bons momentos”.

Sobre o que espera para o futuro de Gramado o jovem político resume: “Espero que possa ser a mesma Gramado acolhedora que eu cresci, tenho orgulho e quero que meus filhos tenham este orgulho que tenho, que meus pais e avós sempre tiveram. Que possamos continuar ter esta comunidade atuante com participação público-privada muito bem desenhada”.

Viver o hoje, rir do hoje, chorar do hoje e encher minha vida de bons momentos”.

Para finalizar, o vereador Ike Koetz convida a comunidade para que participem das discussões do Plano Diretor de Gramado que deve ter audiências públicas na Câmara a partir de agosto. E as decisões e discussões terão impacto sobre o futuro de Gramado e sua população. “É o projeto da década para Gramado”.

Acreditem na política é uma peça fundamental para todos nos. Eu não vou desistir de acreditar”, finaliza Ike.

*SÉRIE ESPECIAL NOVOS LÍDERES DE GRAMADO E CANELA. Semanalmente o Acontece Gramado apresenta os novos líderes das duas cidades.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é flavio.png
Jornalista – Editor e fundador dos canais Acontece Gramado
[email protected]

Siga no Instagram: https://www.instagram.com/gramadoacontece/

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: