Acontece Gramado

O Governo do Rio Grande do Sul informou nesta quinta-feira que o passaporte vacinal passa a ser obrigatório em todo o território gaúcho a partir de outubro.

A exigência só será obrigatória em locais de eventos sociais, infantis e de entretenimento, como casas noturnas; competições esportivas; feiras e exposições corporativas e similares; shows, cinemas, teatros, casas de espetáculos e similares; parques temáticos e de diversão e similares, circunstâncias consideradas atividades de alto risco de contaminação por coronavírus. CONFIRA MATÉRIA AQUI.

O passaporte vacinal é muito fácil de ser emitido e o processo é online. A emissão pode ser realizada pelo site ou pelo aplicativo do Ministério da Saúde, o ConecteSUS. Basta fazer seu cadastro, caso não tenha ainda, gravar uma senha e acessar a plataforma.

O aplicativo do Ministério da Saúde pode ser acessado pelo smartphone ou também por meio do site conectesus.saude.gov.br. Um cadastro prévio, que solicita o e-mail e o CPF do usuário, é necessário.

É bom baixar a plataforma antes de sair de casa para realizar os cadastros necessários com antecedência e evitar transtornos.

Depois de baixar o app, basta clicar na aba inferior “histórico” que a tela “vacinas” exibirá automaticamente o status da vacinação do cidadão. Logo abaixo, o botão “carteira de vacinação digital” exibe um certificado de imunização que contém um QR Code e pode ser baixado e salvo em PDF ou impresso.

Caso você tenha tomado a primeira ou a segunda dose e alguma delas não conste no sistema, é indicado entrar em contato com a unidade de saúde que te imunizou ou clicar na aba “mais” do aplicativo, onde a opção “fale com o Conecte SUS” permite o esclarecimento de dúvidas.

Outra facilidade do app é exibir a versão digital do seu cartão do SUS.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: