A Prefeitura de Canela se pronunciou agora há pouco sobre a Operação Caritas da Polícia Civil, que ocorreu na manhã de hoje e resultou na prisão do secretário municipal de Obras, Luis Claudio da Silva, do interventor do Hospital de Caridade, Vilmar da Silva dos Santos, e sobre o afastamento do secretário municipal de Turismo, Ângelo Sanches Thurler, o subsecretário de Obras, Osmar José Zangalli Bonetti, e Denis Roberto de O. de Souza, funcionário contratado como cargo em comissão na pasta de Obras. 

A PC investiga um suposto esquema de rachadinha e corrupção envolvendo Prefeitura de Canela, Câmara de Vereadores e Hospital de Caridade de Canela. Ainda são citadas empresas do município.

Na coletiva de imprensa, o delegado Vladimir Medeiros de Canela destacou que: “Nós conseguimos apurar um complexo esquema de corrupção focado na Prefeitura Municipal, Secretaria de Obras, Secretaria de Turismo e Hospital de Caridade que hoje sofre intervenção do Executivo, na Câmara de Vereadores de Canela através do gabinete da presidência e no partido político dominante na cidades (MDB), além de algumas empresas de grande porte. Uma relação não republicana entre o alto escalão dos poderes (executivo e legislativo), com estas empresas”, contou o delegado canelense.

Confira a nota da Prefeitura de Canela:

Em relação aos fatos ocorridos nesta manhã em Canela, já amplamente divulgados pelos veículos de comunicação, a Administração Municipal vem a público esclarecer que:
a) O prefeito Constantino Orsolin não foi citado em nenhum momento na operação e não é alvo das investigações policiais, conforme afirmação do delegado responsável pela ação;
b) A Administração Municipal vai acatar as decisões judiciais, não compactua com qualquer tipo de irregularidade e está à disposição para colaborar com as investigações policiais;

c) As determinações judiciais impostas foram cumpridas e o município está aguardando as medidas cabíveis e aplicáveis na defesa dos interesses públicos e dos envolvidos;
d) A Administração Pública está abrindo um processo administrativo interno para apuração dos fatos e sua posterior divulgação à comunidade;
e) Por fim, o prefeito Constantino Orsolin ressalta que foi surpreendido pelo ocorrido, que acredita na boa fé dos servidores e agentes políticos, não compactuando com nenhum tipo de irregularidade que venha a prejudicar a lisura na administração pública;
f) A Prefeitura de Canela segue trabalhando em prol da comunidade.

Deixe uma resposta

Espere um momento!

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que Acontece

Não se preocupe, você será notificado apenas quando houver conteúdos novos em nosso site.

Espere um momento!

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que Acontece

Não se preocupe, você será notificado apenas quando houver conteúdos novos em nosso site.

%d blogueiros gostam disto: