Dólar: R$ 5,43

Euro: R$ 5,93

Weather Icon
Gramado9°C, garoa de leve intensidade
Search
Close this search box.
Casal é preso em Canela por fraude e mineração clandestina de criptomoedas

Compartilhe nas Redes Sociais

Facebook
Twitter
WhatsApp

A Polícia Civil de Canela, em conjunto com o setor de Segurança Coorporativa da RGE, realizou ação policial nesta terça-feira, dia 18 de junho, após a descoberta uma mineradora clandestina de criptomoedas na cidade.

O local da operação foi uma casa simples e toda murada, localizada no Bairro São Lucas. As suspeitas iniciaram quand policiais civis e profissionais da empresa de energia constataram indícios de furto de energia elétrica (o popular gato).

Operação aconteceu nesta terça, dia 18, no bairro São Lucas em Canela. Créditos: Divulgação Polícia Civil Canela.

Durante as buscas a polícia descobriu o funcionamento de centenas de máquinas utilizadas para a mineração de criptomoedas. A RGE mediu, na ocasião, um consumo mensal acima de cem mil reais, estimando uma fraude em cerca de um milhão e meio de reais nos últimos meses.

A Polícia Civil apreendeu todos os equipamentos, avaliados preliminarmente em mais de meio milhão de reais. Durante as buscas, ainda foram apreendias três armas de fogo. Um casal foi preso em flagrante, os nomes não foram divulgados.

De acordo com o delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela e responsáveis pelas investigações, houve troca de informações com o setor de combate a fraudes da RGE, com representação policial junto ao Poder Judiciário e Ministério Público.

Medeiros informou que os suspeitos respondem a furto de energia elétrica, porte ilegal de arma de fogo de uso proibido, crime contra a ordem tributária e lavagem de dinheiro. Os dois foram encaminhados ao Presídio Estadual de Canela.

Segundo o delegado Gustavo Celiberto Barcellos, diretor da 2ª Região Policial, “a ação realizada, fruto do trabalho abnegado e competente da Polícia Civil, por meio da DP Canela, logrou êxito em estancar ação criminosa que resultava em prejuízo milionário à permissionária e, em última análise, aos próprios consumidores, além da repressão qualificada aos demais delitos que serão objeto de profunda investigação“.

A estimativa é que os suspeitos lucrassem cerca de quatrocentos mil reais por mês com a atividade ilegal.

Golpe vem crescendo no Brasil A mineração clandestina de criptomoedas depende de poder de processamento, ou seja, de hardware. Quando criminosos invadem um computador de alto desempenho de uma empresa, eles direcionam esse poder de cálculo para minerar criptomoedas de forma clandestina. Em geral, a mineração é um processo colaborativo: cada participante envia seus resultados para um sistema de controle, que coordena o trabalho.

Deixe uma resposta

Fique por dentro das notícias

Digite seu endereço de e-mail para fazer parte do nosso mailing e ficar por dentro de todas as notícias

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.

Espere um momento!

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que Acontece

Não se preocupe, você será notificado apenas quando houver conteúdos novos em nosso site.

Ao clicar em “Assinar”, você concorda com nossa Política de Privacidade

Espere um momento!

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que Acontece

Não se preocupe, você será notificado apenas quando houver conteúdos novos em nosso site.

Ao clicar em “Assinar”, você concorda com nossa Política de Privacidade