Notícias

Esperança! Mesmo recebendo turistas há um mês, Gramado zera casos de COVID-19

Nem só de notícias ruins vivemos nos últimos três meses. Apesar do cenário caótico do Brasil, como um todo, no cenário de enfrentamento ao novo coronavírus, o Rio Grande do Sul consegue se manter em uma situação de controle do coronavírus e de sua disseminação. O RS, assim como Santa Catarina, conseguem administrar de maneira elogiável a situação durante a pandemia, méritos totais dos seus governantes.

Localmente, analisando exclusivamente a situação da Serra Gaúcha, o cenário é ainda melhor e Gramado é, hoje, um case de sucesso no combate ao coronavírus.

Vamos aos números: Em quase três meses desde o início do isolamento social na região, Gramado não registra nenhum óbito pela doença. Neste período a cidade mantém sua estrutura hospitalar em ótimas condições e não registrou nenhum foco recorrente de transmissão do vírus.

E, o fator mais importante aqui: quase um mês após a flexibilização com a liberação de restaurantes, hotéis e até parques, a cidade de Gramado conseguiu zerar o número de casos ativos de COVID-19!

O último boletim, divulgado na tarde desta quinta-feira, dia 04 de junho, apresenta números animadores:

  • Gramado registrou até aqui oito casos do coronavírus. Os oito estão curados
  • Hoje, a cidade não possui nenhum caso ativo da doença
  • Não existem moradores em isolamento domiciliar
  • A cidade não registrou nenhum óbito
  • Não existe nenhuma internação no hospital de Gramado de pacientes com COVID

Estes números trazem muita esperança para população, empresários e também fazem aumentar a confiança dos turistas que enxergam o destino como um lugar seguro para turistar! Controlando o vírus, é possível apostar em uma retomada palpável e segura da economia local.

O movimento de visitantes deve aumentar nas próximas semanas com a chegada do Inverno, liberação dos parques e atrativos, além da volta de eventos a partir de agosto. Já é possível afirmar sem erro que Gramado a Administração Municipal, liderada pelo prefeito Fedoca, acertou a mão, escolheu as estratégias corretas e foi muito eficaz na tomada de decisões até aqui.

Estamos no meio do caminho, o desafio agora é manter estes bons e animadores números e dados.

Que Gramado siga sendo exemplo no combate ao coronavírus e que as ações continuem assim corretas, profissionais e principalmente: estratégicas! A população gramadense agradece!

Editor e fundador dos canais Acontece Gramado e Acontece Floripa

Novidade: Cinema drive-in estreia sábado em Canela

O Cinema drive-in é a nova realidade em tempos de isolamento social. Assistir a filmes de dentro dos carros já é tendência em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e agora a novidade chega a Canela, na Serra Gaúcha.

Novidade: Cinema drive-in estreia sábado em Canela

A estreia ocorre neste sábado, dia 6 de junho, e a proposta inclui uma ambientação musical pensada para transportar o espectador aos anos 60 e 70. Em caso de alta demanda, será aberta uma segunda sessão para o domingo dia 07 de junho às 16 horas. Cada sessão poderá ter no máximo 140 pessoas.

Os organizadores também programam uma sessão especial para o fim de semana do Dia dos Namorados e, em caso de boa procura da comunidade e turistas, as sessões podem passar a ocorrer em todos os fins de semana. A ideia é colocar em cartaz grandes sucessos de bilheteria do cinema mundial.

PROGRAMAÇÃO
A estreia terá a exibição do Jurassic World para unir o clima ao Vale dos Dinossauros. A maioria serão de classificação livre e sempre na versão dublada. Sempre antes do filme, haverá Live Show Beneficentes, as lives serão sempre com artistas locais. Na sessão inaugural o show será com a Harley Motor Band.O Live show inicia às 18 horas.

SÓ PARA CARROS
O sistema Drive-in foi feito para carros. E, por causa da pandemia, é mais seguro. Quem desejar ir de moto, pode adquirir o ingresso para um dos camarotes Supercarros que estarão à venda no local sujeito a disponibilidade.

SOM E IMAGEM
O Cinema Drive-in em Canela terá painel de led full HD de alta definição 4 X 3 metros. O som do Show assim como o som do filme, serão transmitidos por frequência FM. Ao chegar ao local, o usuário deve sintonizar seu rádio no 103,9 e poderá desfrutar do evento no volume da sua preferência, sempre respeitando as normas de boa vizinhança.

IMPORTANTE
Não serão reservadas vagas, portanto a disposição dos carros é por ordem de chegada. A organização aconselha até 3 pessoas por carro, duas na frente e uma no meio do banco traseiro. Não é permitida a entrada de vans.

Haverá distanciamento 1,5 metros entre cada um dos carros e não será permitida a saída do carro com exceção de idas ao banheiro. É obrigatório o uso de máscara.

FACILIDADES
Lanches rápidos e práticos que são entregues no carro: Pipoca, hambúrgueres, e batatas fritas entre outras surpresas acompanhadas de chopp artesanal e refrigerantes. O pedido pode ser feito via whatsapp: https://www.goomer.app/drive-in-dinos

O LOCAL
O local da exibição será no estacionamento aberto do Vale dos Dinossauros, na RS 466 – km 05 Estrada do Caracol 1600, Parque Pinheiro Grosso de Canela.

INGRESSOS
O valor do ingresso é de R$ 30,00 por pessoa mais um litro de leite solidário que dá direito a uma Pipoca. Os ingressos são vendidos pelo site www.grupodreams.com.br, sendo limitados a 140 pessoas por sessão.

Decreto libera parques e aluguel por temporada em Gramado

O prefeito de Gramado, Fedoca Bertolucci, anunciou no fim da tarde desta quarta-feira, dia 3 de junho, pelas redes sociais, um novo decreto municipal que autoriza o funcionamento de parques em Gramado, além da liberação do aluguel por temporada na cidade.

Prefeito de Gramado, Fedoca Bertolucci,

Fedoca explicou que o decreto anterior, que autorizava o funcionamento dos parques, havia sido derrubado pelo decreto estadual (posterior), que proibia o funcionamento. No último domingo, o Governo do Estado autorizou os municípios a delegarem sobre o tema.

A locação por temporada foi liberada também através de um protocolo ajustado entre Executivo e associação de representantes do setor.

Outra novidade é a autorização para o aumento de 70% da capacidade de ocupação nos empreendimentos hoteleiros da cidade!

Bondinhos Aéreos anuncia dias e horários de funcionamento para o mês de junho

Reaberto desde o dia 09 de maio, o Parques da Serra Bondinhos Aéreos, de Canela (RS), definiu dias e horários de funcionamento ao longo do mês de junho.

Bondinhos Aéreos

O parque seguirá operando de sexta a domingo, das 13h às 17h, com exceção do feriado de Corpus Christi, quando funcionará também na quinta-feira, indo de 11 a 14 de junho. Outra mudança durante os dias do feriadão será o horário, já que o parque abrirá também pela manhã, funcionando das 9h às 17h.

O parqueque segue as orientações das autoridades no combate à disseminação do novo coronavírus, adotou diversas medidas para proteger a saúde de visitantes e colaboradores. Entre os cuidados, foram colocados tapetes higiênicos em todas as áreas e são usados termômetros para auferir a temperatura de visitantes e colaboradores. 

Quem estiver com temperatura superior a 37ºC é orientado a buscar atendimento médico e não poderá realizar o passeio, ou, no caso de colaboradores, é dispensado do trabalho e orientando a procurar atendimento.

O parque disponibilizou álcool gel em sanitários, entrada e setores de embarque e desembarque, reforçando a higienização dentro dos bondinhos e em todas as áreas, principalmente bancos e corrimões. As janelas dos bondinhos ficam abertas 100% do tempo, para circulação do ar, com medidas para se manter uma distância mínima de dois metros entre as pessoas nas filas.

Além disso, o embarque é realizado por famílias ou individualmente, com os bondinhos parando a cada Estação para facilitar entrada e saída dos visitantes sem dar as mãos para os funcionários. Todos os funcionários dos Bondinhos Aéreos usam máscaras e os visitantes também devem usar.

Entrevista Intelimagem: diminuição de procura por exames preocupa

Um dos temas em alta durante a pandemia do Coronavírus são os fatores de risco para COVID-19 e a importância dos exames preventivos. A constatação é que a população está deixando de realizar exames básicos e fundamentais de prevenção. As médicas radiologistas da Intelimagem, Fernanda Michelis e Ana Luisa Hancke, respondem algumas dúvidas sobre o tema para os leitores do Acontece Gramado. Confira:

Médicas radiologistas da Intelimagem, Fernanda Michelis e Ana Luisa Hancke

Nestes últimos meses qual foi a taxa de diminuição de exames, em média, pela população?
Na Intelimagem contabilizamos uma taxa de diminuição de 49,63% em quantidade de exames no mês de abril e 39% até o dia 24 de maio 2020.

Como diminuir o medo das pessoas de frequentar ambientes hospitalares e clínicas médicas, por temor do Coronavírus?
Com a realização de protocolos de segurança do paciente e de colaboradores na empresa e contínuas ações de prevenção de doenças. Estas ações devem ser  efetivamente comunicadas à comunidade e à população pelas mídias, para minimizar o medo. Além, é claro, dos cuidados pessoais de cada pessoa:  lavar as mãos com frequência,  evitar de levar as mãos ao rosto, usar corretamente máscaras e manter o distanciamento de outras pessoas. Não podemos deixar o medo nos prejudicar no restante da saúde, afinal, as outras doenças continuam e podem matar igual à COVID-19.

Que protocolos a Intelimagem adotou para garantir a segurança dos clientes, com relação ao coronavírus, neste período?
A Intelimagem realizou treinamento com todos os colaboradores e distribuiu EPIs  para garantir a segurança de todos. Esses protocolos se resumem em ações como:
– Aumento do tempo de espaçamento entre um exame e outro;
– Intensificação da higienização de todas as salas e ambientes comuns, bem como maçanetas, portas e todas as superfícies táteis;
– Estabelecimento de critérios de triagem para identificação e atendimento em casos suspeitos;
– Atendimento primordial e ágil para idosos e grupos de riscos;
– Restrição de acompanhantes para evitar aglomerações (exceção em casos necessários),
– Disponibilização de lenços descartáveis nas salas de esperas, luvas e máscaras para pacientes e acompanhantes;
– Condições para higienização de mãos;  dispensadores de álcool em gel;
– Orientação aos pacientes para as medidas de segurança;
– Ambientes são mantidos ventilados.

Qual a recomendação para que o cliente tenha o entendimento de que um exame não pode ser postergado?
A recomendação mais importante nesse momento tão delicado é o bom senso. A COVID-19 é uma doença séria, com a qual devemos ter cuidado. Porém, as outras doenças continuam existindo e devem ser levadas tão a sério quanto a COVID-19.  Não deixaremos de ter câncer, infartos ou AVCs (“derrames”) por estarmos no meio de uma pandemia, e o fato de não diagnosticarmos ou tratarmos essas doenças precocemente pode determinar uma piora da saúde e da qualidade de vida das pessoas, tão ou mais importante que a COVID-19 determinaria. Então, é de suma importância termos todos os cuidados para evitarmos a COVID-19, prezando pela nossa saúde como um todo, sem descuidarmos de nenhum segmento dela. Bom senso é a palavra chave!

Normalmente as pessoas acabam passando muito tempo nas clínicas aguardando a realização de exames e até para buscar os resultados. Quais as medidas que a Intelimagem adotou para diminuir este tempo dentro da clínica?
Aumentamos o tempo entre um exame e outro. Em caso de atraso das agendas, comunicamos os pacientes e/ou remarcamos o exame. A entrega de resultado de ecografias nós já fazemos logo após a realização do exame, e os outros exames podem ser retirados pela internet. Assim, os pacientes não precisam se dirigir à clinica para retirar seus exames. Também temos contato direto com o médico solicitante do exame e, portanto, os resultados são repassados diretamente a ele, caso necessário.

Como a clínica adaptou seu atendimento virtual?
Estamos realizando um questionário aos pacientes no momento de seu agendamento via whatsapp, para triagem de qualquer caso suspeito, tentando minimizar o risco aos demais pacientes. Porém, o nosso atendimento precisa ser presencial, e por isso adotamos muitas medidas para minimizar o risco de pacientes terem contato com alguém que pode estar com COVID-19.

Existe um cuidado maior da Intelimagem para com os integrantes do grupo de risco para COVID-19 como diabéticos, hipertensos e pessoas com problemas respiratórios?
Sim. Na entrevista que realizamos no agendamento, esses dados são coletados e assim atendemos de forma ágil e segura a esses pacientes.
A clínica Intelimagem oferece aos seus pacientes um protocolo seguro de atendimento e se disponibiliza a tirar todas as dúvidas que surgirem durante o agendamento do exame. Solicitamos a todos que nos informem caso tenha sintomas gripais para que possamos realizar um atendimento seguro a todos.

SERVIÇO
INTELIMAGEM
Unidade Recreio –  telefone fixo ou whats (54) 22959494 
Unidade canela: (54) 3282 0089
Unidade HASM (54) 3295 9494
Horário de atendimento: das 08:00 as 12:00 e das 13:30 as 18:00hs.

Live by Brocker: Gestores avaliam que o turismo terá que se reinventar na serra

Na última quarta-feira,27/05, o Grupo Brocker promoveu mais uma live em suas redes sociais com a participação de gestores do turismo na Serra Gaúcha. Esta edição do encontro online, que teve a mediação da CEO do Grupo Brocker, Any Brocker Boeira, contou com as presenças do Secretário de Turismo de Bento Gonçalves, Rodrigo Parisotto, e do CEO do G30 da Serra Gaúcha, Thomas Fontana. Os participantes, discutindo o tema “Ações Práticas para a Retomada do Turismo na Serra Gaúcha”, falaram sobre a necessidade do segmento de se reinventar.

Any Brocker Boeira comandou o papo com o Secretário de Turismo de Bento Gonçalves, Rodrigo Parisotto, e do CEO do G30 da Serra Gaúcha, Thomas Fontana

Parisotto citou as medidas em Bento Gonçalves para uma reabertura segura das atividades econômicas, destacando o selo “ambiente limpo e seguro”, uma certificação para estabelecimentos que seguem rigidamente os protocolos exigidos pela prefeitura. “Todas as empresas que fazem parte do alvará turístico da cidade receberam um protocolo descrevendo 28 ações que devem ser adotadas para se receber o certificado. No momento em que empresa estiver adequada a estes itens, o gestor entra em contato com a Secretaria de Turismo, que manda uma equipe até o local verificar se as medidas estão sendo devidamente implementadas”, explicou Parisotto.

Segundo ele, se tudo estiver de acordo, a empresa recebe o selo de certificação, além de um material de apoio para orientar clientes, reforçar medidas e informar sobre protocolos adotados. “A cada dia 30 dias, nossa equipe volta ao local e verifica se a empresa continua cumprindo todas as ações. Se não estiver, fica sujeita a perder o selo”, acrescentou. O protocolo de ações para esta certificação foi desenvolvido pelo Comitê Pró Turismo Bento, seguindo orientações da Secretaria de Saúde e da Vigilância Sanitária do município, recomendações da OMS e do Ministério da Saúde, e todos os decretos municipais e estaduais.

Thomas Fontana, CEO do G30, grupo que reúne alguns dos principais empresários do turismo da Serra Gaúcha, reforçou a importância de inovar neste momento de retomada. “Essa é a hora de se reinventar, criar novas formas de receitas e ter a mente aberta para aproveitar oportunidades. Pode ser um bom momento para se associar a uma empresa até então vista como concorrente, ajustar setores e produtos dentro da empresa, renegociar contratos e quem está capitalizado até mesmo investir”, analisou.

Thomas Fontana destacou que o turismo precisa se unir ainda mais, com o setor público e privado somando esforços, alinhando pautas em comum e buscando o objetivo de uma retomada positiva na região. “Isso tudo vai passar, e é necessário montar um planejamento de longo prazo, um grande projeto estruturado e consistente do turismo na Serra Gaúcha. Nesse sentido, precisamos estender boas iniciativas, como este selo de certificação de Bento Gonçalves, para outros municípios”, completou. Fontana lembrou ainda que teremos um cenário de dólar alto, em que as pessoas deverão optar por viagens para destinos nacionais, e de maior valorização dos turistas pelo contato com a natureza, a ruralidade e culturas locais, muito presentes na Serra Gaúcha.

Esta foi a terceira live promovida pelo Grupo Brocker para debater o turismo na região, sempre nas quartas-feiras, às 17h, nas redes sociais da empresa. A primeira foi com os Secretários de Turismo de Canela e Gramado, Ângelo Sanches e Rafael Carniel, e a segunda com Mauro Salles, presidente do SINDTUR Serra Gaúcha, e Manoela da Costa, presidente da Associação de Parques e Atrações da Serra Gaúcha. As lives ficam disponíveis no canal de Youtube da Brocker, para quem quiser assistir. A próxima live, marcada para o dia 03/04 às 17h, será com a direção da Gramadotur com o tema “Natal Luz 2020 – 101 dias de pura magia”, falando dos eventos em Gramado e principalmente sobre o Natal Luz.

STF derruba liminar e volta a proibir reservas pelo Airbnb em Gramado

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, assinou uma medida cautelar em que aceita o recurso da prefeitura de Gramado para suspender os efeitos da decisão proferida no Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, referente ao funcionamento no município da plataforma de locação de imóveis por temporada Airbnb. Na prática, a decisão do ministro mantém a proibição do aluguel por temporada em Gramado, conforme previsto em decreto municipal.

O município de Gramado sustentou em solicitação em nível de recurso que a decisão constitui lesão à ordem, à saúde, à segurança e à economia públicas, pois possibilita o exercício de atividade comercial pela plataforma digital Airbnb, as quais não se enquadram entre aquelas indicadas como essenciais pelo poder público, “levando a incerteza da população quanto ao dever de obediência as normas” e permitindo uma maior circulação de pessoas no território do município de Gramado, o que amplia o risco de disseminação do novo coronavírus.

“O recurso ao STF foi no sentido de seguir o julgamento do ministro Alexandre de Moraes que entende que ante a pandemia é plenamente justo manter o controle das pessoas que optam pelo aluguel por temporada”, afirma o procurador jurídico João Barcellos.

A plataforma de aluguel por temporada Airbnb foi obrigada a suspender as atividades de anúncio, reserva e locação de acomodações em Gramado até que seja editado pelo prefeito, Fedoca Bertolucci, novo decreto que permita e regulamente as atividades na modalidade de locação por temporada na cidade.

Em nota, o Airbnb informou que atuará em cumprimento aos decretos municipais que proibiram novas reservas via plataformas digitais em Gramado.

Imunizadora Hoffmann oferece a sanitização no combate ao COVID

Ir à agência bancária com a pandemia é seguro?
A pandemia do novo coronavírus mudou a maneira das pessoas lidarem com a rotina. Tarefas habituais, como ir à agência bancária, exige mais cuidado e atenção.

Ir ou não? Muitas pessoas se fazem essa pergunta. Em especial, as que integram grupos de risco e viram sua rotina drasticamente afetada. Com a flexibilização do retorno das atividades, muitas instituições bancárias vem investindo em medidas preventivas e que ofereçam segurança à seus colaboradores e clientes neste novo cenário.

Imunizadora Hoffmann oferece a sanitização no combate ao coronavírus

Entre as ações que vêm sendo implementadas está a realização periódica de sanitização, que é a eliminação de vírus, bactérias e microrganismos com produto licenciado pela ANVISA e indicado pelo Ministério da Saúde do Brasil.

As aplicações são feitas com a pulverização de “quaternário de amônia de quinta geração”, para eliminação do novo coronavírus. Importante salientar, que estes produtos não causam danos aos equipamentos e permitam o pleno funcionamento dos estabelecimentos em seguida a aplicação. Importante destacar que no ímpeto de “ajudar” muitas vezes algumas pessoas utilizam produtos de uso doméstico de forma inapropriada e isso pode trazer graves consequências e até mesmo riscos como alergias, corrosão, entre outros.

A sanitização profissional com quaternário de amônia é segura e altamente indicada e recomendada como uma medida protocolar nesse retorno de espaços que recebem volumes expressivos de pessoas.

Referência em sanitização pública e privada no estado do Rio Grande do Sul há mais de 10 anos, a Imunizadora Hoffmann da cidade de Igrejinha vem combatendo de frente o COVID e desenvolveu um protocolo de ação que permite a locomoção do público e a segurança de equipamentos e espaços, permitindo que as pessoas se sintam confortáveis naquele ambiente, impulsionando o desentrave da economia e o mais importante: o retorno de suas atividades.

Medidas de combate e ações preventivas vêm sendo implementadas, já que agências bancárias estão entre os locais mais frequentados e o coronavírus permanece ativo por horas ou dias em algumas superfícies, como por exemplo monitores dos caixas eletrônicos

A sanitização nas portas das principais agências bancárias também se faz necessária devido ao grande número de pessoas que vão a estes estabelecimentos, principalmente agora em busca do auxílio emergencial do governo federal .Estes espaços de grande rotatividades e circulação enfrentarão um aumento dos casos de coronavírus por alguns meses, por isso, a sanitização de ambientes de saúde é tão importante: ela pode diminuir os pontos de contaminação, em especial agora nesse período com a chegada da próxima estação o inverno, onde naturalmente ocorrem baixas nas temperaturas e quadros virais mais recorrentes.

E quais as ações você está fazendo para que seus clientes e colaboradores se sintam mais seguros e para proporcionar mais tranquilidade neste retorno às atividades bancárias?

Dúvidas ou mais informações sobre sanitização de ambientes públicos e privados junto ao site: www.ihoffmann.com.br/

Dr. Wagner Mansur: Direito Bancário em seus contratos abusivos

A atividade bancária é materializada por meio de contratos bancários, que deverão garantir os direitos e deveres jurídicos das partes contratantes. É importante destacar que, em nossa sistemática jurídica, apenas os bancos podem realizar contratos bancários. Sendo assim, uma das partes do contrato bancário será sempre um banco e no outro polo deverá figurar o cliente. Pessoa Física ou Pessoa Jurídica interessado na intermediação do crédito.

Os contratos bancários deverão obedecer as regras gerais sobre contratos previstas no Código Civil, como os requisitos de validade dos negócios jurídicos (art. 104 e ss.). A disciplina do direito das obrigações (art. 233 e ss.) e as regras de prescrição e decadência (art. 189 e ss.).

Entretanto, vale observar que, tendo em vista que os contratos bancários constituem verdadeiros contratos de adesão, há um afastamento de um dos princípios fundamentais do Direito Privado, o princípio da autonomia da vontade ou da liberdade de contratar. O contrato bancário contém, de fato, inúmeras cláusulas redigidas prévia e antecipadamente, sem percepção e entendimento delas por parte do aderente.

Os contratos bancários não representam natureza sinalagmática, porquanto não há válida manifestação ou livre consentimento por parte do aderente, com relação ao suposto conteúdo jurídico, pretensamente convencionado pelo credor. O contrato de adesão, destaca o seguinte: Normalmente, portanto o cliente cede ao regulamento contratual pré-elaborado pelo fornecedor, sem sequer o ler.

Todo aquele conjunto de regras está normalmente impresso em caracteres tão miúdos de densos que logo sugere a decisão de não ler. Trata-se de bens ou serviços cuja aquisição não é normalmente precedida de um contato prolongado entre os interessados, a tentação de assinar sem ler é reforçada em muitas pessoas pela impressão de que se leem não se comportam como o consumidor normal e são olhadas de soslaio.

Acresce que o cliente duvida de sua capacidade para compreender as fórmulas técnicas e complicadas em que as condições do contrato, muitas vezes, se oferecem.

Outras vezes é o tempo que lhe escasseia para estudar uma regulamentação cuja leitura carece de ser feita refletidamente. Decide, por conseguinte, não ler. Aliás, mesmo que lesse e compreendesse em todo o seu sentido e alcance o regulamento do contrato, só lhe restaria, na hipótese de desacordo com uma ou mais cláusulas, a perspectividade de uma longa, aborrecida e, talvez, pouco amistosa discussão, ao cabo e ao resto, inútil, pois também o empregado ou representante do fornecedor está vinculado a fazer valer as condições gerais constantes do impresso do contrato.

Acontece, ainda, que o cliente acredita, amiúde, estar perante uma regulamentação equitativa, tradutora de uma ponderação e um tratamento equilibrado dos interesses contrapostos. Finalmente, mesmo se leu e compreendeu e protestou sem resultado, adere ao regulamento por precisar do bem ou serviço, com vaga esperança de não se verificar a eventualidade desfavorável.

Princípio da autonomia da vontade tem que estabelecer as cláusulas contratuais, respeitados os limites da Lei. Mobilizar ou não o Poder Judiciário para fazer respeitar o contrato, que, uma vez celebrado, torna-se fonte formal de Direito. Princípio de obrigatoriedade, que determina que o acordo estipulado entre as partes deve ser cumprido. O princípio da boa-fé objetiva conforme preceitua o art. 422 do Código Civil onde os contratantes são obrigados a guardar, assim na conclusão do contrato, como em sua execução, os princípios de probidade e boa-fé.

Este dispositivo é uma cláusula geral que impõem ao juiz interpretar e, quando necessário, suprir e corrigir o contrato, entendida como a exigência de comportamento leal dos contratantes.

É importante saber também, que o art. 423 Código Civil estabelece que quando houver no contrato de adesão clausulas ambíguas ou contraditórias, dever-se-á adotar a interpretação mais favorável ao aderente.


Dr. Wagner Mansur
Advogado, especialista em Direito Bancário

Gramado na Caixa chega ao mercado no modelo plano de assinaturas

O Gramado na Caixa é um produto que foi desenvolvido para levar e divulgar Gramado a todos os cantos do país. A ideia surgiu durante este período de isolamento, onde as pessoas não estão vindo à Serra Gaúcha devido as restrições. Os criadores se perguntaram: “por que não levar Gramado às pessoas?”.

Os idealizadores do projeto são Thais Abrantes, fotografa na cidade e proprietária do perfil do “Amor em Gramado”, Dan Hay e Jardel Hay, proprietários do perfil “Gramado LGBT”.

Gramado na Caixa é um produto que foi desenvolvido para levar e divulgar Gramado a todos os cantos do país

O produto funciona através de um plano de assinaturas. Todos os meses os assinantes receberão produtos da região, fomentando assim o comércio e negócios locais como chocolates, colonos, artesões, cervejeiros, entre outros. As primeiras entregas para todo o Brasil ocorrem no mês de julho.

Além de receber os produtos, o assinante irá receber uma revista com a histórias das marcas e produtos, link de suas mídias sociais e e-commerce, além de cupons de desconto, ingressos e promoções para quando vierem visitar Gramado.

Dentro da plataforma do Gramado na Caixa, será colocado um e-commerce onde os produtos que passaram pela caixa serão colocados à disposição para as pessoas repetirem a experiência e receberem junto com sua próxima caixa. Facilitando assim o frete e estimulando o negócio local da cidade para aqueles que não trabalham com a modalidade de e-commerce.

Espere um momento!

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que Acontece

Não se preocupe, você será notificado apenas quando houver conteúdos novos em nosso site.

Espere um momento!

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que Acontece

Não se preocupe, você será notificado apenas quando houver conteúdos novos em nosso site.